20.2 C
Rio de Janeiro
- Publicidade -
- Publicidade -

Pesquisa FGV-RJ: jovens brasileiros estão mais tristes, preocupados e pobres

- Publicidade - Diário Carioca Google News

Um extenso levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV) publicado em junho mostra piora de índices nas expectativas da juventude brasileira sobre o presente e o futuro. O estudo “Jovens: Projeções Populacionais, Percepções e Políticas Públicas”, do Centro de Políticas Públicas da FGV Social, no Rio de Janeiro, alertou para uma pior avaliação sobre aspirações, sentimentos e oportunidades.

Em uma autoavaliação sobre felicidade, o Brasil teve um dos piores índices em 2020. Em uma escala de zero a 10, o biênio 2013/2014 registrava índice médio de felicidade de 7,2 pontos. Em 2020, a taxa caiu para 6,4, número mais baixo da série brasileira de satisfação com a vida. A queda foi a terceira maior entre 132 países.

Leia mais: Saiba por que a juventude voltará às ruas no dia 19 de junho pelo Fora Bolsonaro

A piora também é alarmante quando a pesquisa aborda a falta de dinheiro de jovens para comprar a comida necessária. Em 2020, 28% dos jovens brasileiros tiveram problema financeiro para arcar com os gastos de alimentação. Entre 2011 e 2014, essa taxa era de 16,8%, e de 25,5% entre 2015 e 2018.

Preocupação

Os jovens brasileiros preocupados chegaram a 44,0% em 2015-2018, contra 35,5% no mundo. Em 2019, mesmo antes da pandemia, a proporção de jovens preocupados sobe para 50% e depois para 59% em 2020, chegando a novos recordes, uma hiper preocupação juvenil, segundo a FGV.

Outro percentual em alta no Brasil é o de jovens que se sentiram estressados no dia anterior: 28,5% em 2005-2010, 32,1% em 2011-2014 e 37,9% em 2015-2018. Nesse caso, porém, a tendência de alta é global, embora menos intensa e em níveis médios um pouco mais baixos: 25,0% em 2005-2010, 29,8% em 2011-2014 e 32,8% em 2015-2018.

A queixa de estresse parece ser um mal crescente em todo o globo, apenas mais forte no Brasil. 2019 e 2020 evidenciam continuidade da piora destes indicadores de stress dos jovens brasileiros para 47% e 56%, respectivamente.

::Direito à vida: juventude luta pela sobrevivência na pandemia da covid-19::

Educação

No quesito educação, a FGV observou que a insatisfação relativa com o sistema educacional sempre esteve alta no país, o que evidencia a percepção do jovem brasileiro sobre a baixa qualidade da oferta da educação. A satisfação, que havia aumentado de 47% em 2013/14 para 56% em 2017/18, nível mais alto da série, sofre queda aguda durante a pandemia, para 41%, menor nível da série em 2020.

Trabalho

Ao longo dos três períodos (2005-2010, 2011-2014 e 2015-1018), os jovens do mundo perceberam uma leve melhora nas condições econômicas de seus respectivos países. Já os brasileiros viram uma guinada brusca na economia do país para pior. A percepção de uma condição econômica pobre no Brasil diminuía de 16,6% em 2005-2010 para 14,2% em 2011-2015, mas saltou para 51,9% em 2015-2018 (contra 26,7% no mundo).

Governo

Uma questão que não era levantada pelo Gallup World Poll no período inicial, mas que teve uma mudança radical no Brasil refere-se à aprovação dos jovens à maneira como o (a) líder de seu país governa. No período 2011-2014, a aprovação no Brasil era de 60,6%, contra 57,5% no mundo. Em 2015-2018, caiu para 12,1% no Brasil, contra 57,4% no mundo. 

Meio ambiente

Um tema que costuma preocupar mais os jovens do que as gerações mais velhas em todo o mundo é o meio ambiente, que incluem desafios, problemas e soluções locais. Segundo a FGV, os jovens do mundo estão cada vez mais satisfeitos com os esforços empreendidos


por seus próprios países, mas os brasileiros, não. Se a satisfação tornou-se majoritária (55,9%) no mundo em 2015-2018, enquanto no Brasil era de 33,1%, em 2020 esse índice caiu para 19% entre a juventude brasileira.

Sob coordenação do professor Marcelo Neri, a FGV trabalhou com dados do projeto “Atlas das Juventudes”, do Gallup World Poll. O instituto realiza a pesquisa com questionários anuais em 130 países aplicando entrevistas para jovens entre 15 e 29 anos.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Eduardo Miranda


MG: Iepha divulga pontuação provisória do ICMS Patrimônio Cultural

A tabela de pontuação provisória do programa ICMS Patrimônio Cultural, do exercício 2020, já está disponível...

Ministro da Saúde anuncia que 1,5 milhão de doses da Janssen chegam amanhã (22) no Brasil

Durante a audiência pública da Comissão Temporária da Covid - 19, no Senado, nesta segunda-feira (19,...

Horóscopo de terça-feira 22 de junho de 2021

Confira a previsão do horóscopo do dia 22 de junho de 2021 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Meirelles e Caio Afiune trollam ex-BBBs e Viih Tube desmascara brincadeira: “É lisa demais”

Caio Afiune participa do ‘Foi Mau’ desta segunda-feira (21) e tira onda ao lado do apresentador Maurício Meirelles. O goiano conta que Juliette ainda...

The Strokes compartilham trecho da nova música 'Starting Again' no anúncio de Maya Wiley

The Strokes apresentou uma prévia de uma nova música chamada 'Starting Again' em um comercial para a candidata a prefeito de...