O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto nesta quarta-feira (17) que institui o programa Integra Brasil e estabelece o seu comitê gestor. O programa passa a ser uma ação de três ministérios: da Cidadania; da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos; e da Educação. Segundo o governo, o objetivo é promover direitos humanos, educação antidopagem e valores do espírito esportivo para atletas amadores e profissionais de futebol.


🇧🇷 Em reunião na tarde desta quarta (17), o Presidente Jair Bolsonaro e ministros assinaram decreto transformando o projeto Integra Brasil em programa federal para promover o esporte como aliado no enfrentamento às violações de direitos humanos no Brasil.

📷: Isac Nóbrega/PR pic.twitter.com/E7Qbhci6V8

— Planalto (@planalto) March 17, 2021

“O programa Integra Brasil visa conscientizar os atletas de base e profissionais escolares e esportivos de todas as modalidades do futebol, as crianças, os adolescentes, os jovens e suas famílias praticantes do desporto e paradesporto sobre os direitos humanos e suas diversas formas de violação, os valores do espírito esportivo e a antidopagem”, informou a Secretaria-Geral da Presidência, em nota.

De acordo com a pasta, o decreto também pretende “mitigar a vulnerabilidade social, reduzir o uso de álcool e outras drogas, por meio do envolvimento com o ambiente esportivo, e contribuir para a redução da desigualdade de acesso à prática de todas as modalidades do futebol”. O texto ainda será publicado no Diário Oficial da União (DOU). 

O Integra Brasil já era uma ação em vigor na Secretaria Especial de Esportes, vinculada ao Ministério da Cidadania, para promover campanhas com temas como paz no futebol, combate às drogas, combate ao racismo e inclusão de pessoas com deficiência. Com o decreto, passa a ser considerado um programa federal mais amplo.

Agência Brasil

Agência Brasil é uma agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.