Nesta quarta-feira (31), os contribuintes que têm direito ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), do mês de março de 2021, receberão o valor em suas contas bancárias. 


No total, 136.250 contribuintes receberão os valores somando mais de R$ 225 milhões.

:: Bolsonaro prometeu, mas não cumpriu: tabela do IRPF continua sem correção :: 

O pagamento será destino primeiro aos contribuintes que têm prioridade legal, são eles: 3.199 idosos acima de 80 anos, 23.087 idosos entre 60 e 79 anos, 2.411 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, e 7.894 cuja maior fonte de renda seja o magistério. Esse valor soma R$ 107.012.106,51.

O que são lotes residuais?

O lote residual é pago para quem caiu na malha fina do Leão nos últimos anos, por conta de inconsistências no Imposto de Renda, mas que, no entanto, acertaram as pendências com o Fisco.

:: Vem aí o Imposto de Renda 2021. Com a tabela defasada em mais de 100% ::

Assim, essas pessoas entram nos lotes residuais do Imposto de Renda e, se tiverem direito, recebem as restituições do IR, que foram retidas pela malha fina. 

— Receita Federal (@ReceitaFederal) March 24, 2021

Como saber se tenho direito?

Para saber se você teve a declaração liberada, é preciso acessar a página da Receita Federal na internet, entrar no Portal e-CAC, clicar no serviço Meu Imposto de Renda e verificar se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. 

Nesse caso, o cidadão pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A restituição ficará disponível no banco pelo período de um ano. Se porventura, o cidadão não fizer o resgate nesse prazo, precisa requerê-la pela internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda.

E se a restituição não chegar?  

Em caso de contribuintes que têm direito ao lote residual, mas que não tiverem os valores depositados em suas contas, é preciso ir pessoalmente a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Edição: Daniel Lamir

Brasil de Fato

Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião