22.6 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, novembro 27, 2020
- Publicidade -

Filmes na TV Brasil de 18 a 25/10/2020

- Publicidade -

Jill & Joy – O Segredo do Orfanato

Domingo, 18 de outubro, às 14h

Jill (Aava Merikanto) e Joy (Lilja Lehto) são duas meninas que vivem em um lugar especial chamado Rose Alley, em uma casa feita especialmente para elas. As duas costumam brincar no campo perto de onde moram.

Certo dia, um garoto chamado Pekki foge de um orfanato próximo e busca abrigo no jardim de Jill e Joy. Quando é descoberto por elas, o menino conta que a vida no orfanato não é nada boa. A situação ocorre por causa da rigorosa diretora da instituição.

Para ajudar Pekki e as demais crianças que residem no local, Jill e Joy reúnem seus amigos de Rose Alley para, juntos, salvarem o orfanato.

75 min. Ano: 2017. País: Finlândia. Título original: Onneli, Anneli ja Salaperäinen Muukalainen. Gênero: aventura, drama. Direção: Saara Cantell. Classificação Indicativa: Livre.

—–

Vazio Coração

Domingo, 18 de outubro, às 16h15

(Reprise no domingo, 25 de outubro, às 16h30)

Hugo Kari (Murilo Rosa) é um famoso cantor de música sertaneja. Com canções de tom confessional, nas quais põe para fora suas aflições, Hugo alcançou sucesso e agora está no auge da carreira. Tem dinheiro, shows lotados, milhares de fãs. Mas, apesar de toda a realização profissional, sua vida afetiva guarda um lado obscuro e esquecido.

Prestes a se aposentar, o embaixador Mário Menezes (Othon Bastos) tem convicção de que nunca mais quer falar novamente com Hugo, seu filho. Cabe à esposa de Hugo (Larissa Maciel) ajudar o marido no desafio de reconquistar o amor do pai.

O cantor e a esposa fazem uma pausa na turnê a fim de se encontrarem com Mário no Grande Hotel Termas de Araxá, no qual a família passava férias quando Hugo era criança. Naquele local de fortes memórias para os dois, pai e filho tentam remontar o quebra-cabeças de uma relação fragmentada por ideais e sonhos conflitantes. E por um trágico acontecimento que os marcara para sempre.

Filmado nas cidades de Araxá e Patrocínio, Minas Gerais, “Vazio Coração” é o longa-metragem de estreia do diretor Alberto Araújo e conquistou os prêmios de Melhor Filme e Melhor Ator (para Murilo Rosa) na 26ª edição do Festival de Cinema de Natal/RN, em 2013.

91 min. Ano: 2013. País: Brasil. Gênero: drama. Direção: Alberto Araujo. Produção: Kanal Cine Video. Roteiro: Alberto Araujo. Elenco Principal: Murilo Rosa, Othon Bastos, Oscar Magrini, Lima Duarte, Bete Mendes, Patrícia Naves. Classificação Indicativa: Livre.

—–

No Paraíso das Solteironas

Segunda-feira, 19 de outubro, às 4h

(Madrugada de segunda para terça)

Um homem acostumado à vida do interior não poderia imaginar que, ao tentar a sorte na cidade grande, seria objeto do desejo de uma turma de solteironas. O personagem de Mazzaropi ainda se envolve em confusões com a dona do hotel e é colocado às voltas com uma quadrilha e um grupo de ciganos.

 95 min. Ano: 1969. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Átila Iório, Carlos Garcia, Elizabeth Hartman. Classificação Indicativa: livre.

—–

O Segredo dos Diamantes

Quarta-feira, 21 de outubro, às 22h30 / 2h30

Ao descobrir sobre uma antiga lenda que descreve o paradeiro de diamantes perdidos, Angelo (Matheus Abreu), de 14 anos, parte em busca do tesouro para salvar a vida do pai. Ele e seus amigos Júlia (Rachel Pimentel) e Carlinhos (Alberto Gouvea) precisarão solucionar o mistério, além de enfrentar o vilão Silvério (Rui Rezende), que também buscará incansavelmente o tesouro.

86 min. Ano: 2014. País: Brasil. Gênero: aventura. Direção: Helvécio Ratton.

—–

Chofer de Praça

Quarta-feira, 21 de outubro, às 4h

(Madrugada de quarta para quinta)

Em “Chofer de Praça”, o ator e humorista Amácio Mazzaropi interpreta o humilde Zacarias, que se muda com a mulher para São Paulo a fim de arrumar emprego e ajudar o filho Raul a pagar a faculdade de Medicina.

Na comédia, o personagem começa a dirigir um modelo de carro antigo, muito barulhento e fumacento, que rapidamente vira motivo de piadas.

Primeira produção de Amácio Mazzaropi para o cinema, “Chofer de Praça” foi o primeiro filme do comediante ao lado da atriz Geny Prado, que viria a ser seu par constante. Os números musicais são com Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol.

97 min. Ano: 1958. Direção: Milton Amaral, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Ana Maria Nabuco, Lana Bittencourt e Agnaldo Rayol. Classificação: 10 anos.

—–

O Grande Xerife”

Quinta-feira, 22 de outubro, às 22h30 e 2h30

Amácio Mazzaropi interpreta um viúvo, pai de Mariazinha. Ele é o morador mais antigo de Vila do Céu, onde vive cuidando da vida dos outros. Um dia, chega à cidade o bandido João Bigode, disfarçado de padre.

O bandido mata o xerife da Vila e põe um comparsa no lugar. A confusão está armada e só Mazzaropi pode fazer algo a respeito.

95 min. Ano: 1972. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Mazzaropi, Patricia Mayo, Paulo Bonelli, Tony Cardi, Augusto César Ribeiro. Classificação: 12 anos.

—–

Jeca e seu filho preto

Sexta-feira, 23 de outubro, às 4h

(Madrugada de sexta para sábado)

Em “Jeca e seu filho preto”, o saudoso humorista Amácio Mazzaropi interpreta Zé, o pai de um rapaz (misteriosamente) negro. O fato nunca pareceu o atormentar, mas os outros se incomodam quando seu filho se enamora de uma moça branca, filha de um rico fazendeiro.

Em plenos anos 1970, Amácio Mazzaropi, com seu jeito simples, abordou no cinema a questão do preconceito racial.

104 min. Ano de estreia: 1978. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Codireção: Berilo Faccio, com Amácio Mazzaropi, Mazzaropi, Geny Prado, Yara Lins, Elizabeth Hartman, Denise Assunção. Classificação Indicativa: 12 anos.

—–

Meu Japão Brasileiro

Sábado, 24 de outubro, às 18h

(Madrugada de quarta para quinta)

Em uma comunidade rural nipo–brasileira, o agricultor Fofuca (Mazzaropi) enfrenta a exploração descarada do Sr. Leão, um atravessador que faz o intermédio entre os produtores e o comércio na cidade.

Após muito penar nas mãos de Leão, Fofuca forma com os camponeses uma cooperativa agrícola. Mas Leão e seus filhos não veem com bons olhos essa iniciativa e vão fazer de tudo para impedir que Fofuca e seus amigos tenham êxito nesse “Japão brasileiro.”

102 min. Classificação Indicativa: Livre. Ano: 1965. Gênero: comédia. Direção: Glauko Mirko Laurelli, com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Célia Watanabe, Zilda Cardoso, Carlos Garcia, Reynaldo Martini, Adriano Stuart Elk Alves, Francisco Gomes, Judith Barbosa, Bob Junior, Ivone Hirata, Luiz Tokio, Luzia Yoshigumi. Classificação Indicativa: 12 anos.

—–

Os Doze Trabalhos de Asterix

Domingo, 25 de outubro, às 14h

Em 50 A.C., o Império Romano domina toda a região em torno da Gália, exceto a própria aldeia. Depois de mais uma tentativa de conquistá-la, alguns dos senadores romanos começam a recear que os moradores da vila gaulesa sejam algo como deuses.

Para manter seu trono, Júlio César propõe um acordo aos gauleses e envia ao povoado uma lista com doze tarefas inspiradas nos trabalhos de Hércules, que só poderiam ser realizadas por seres superiores. Se os gauleses vencerem o desafio, o monarca admite sua derrota. Caso contrário, eles se renderiam ao Império Romano e se tornariam escravos.

A proposta é aceita. Asterix, por ser o mais esperto, e Obelix, por ser o mais forte, são escolhidos para representar o povo.

Com o peso de não falhar em uma só tarefa, a dupla sai para cumprir os doze trabalhos e manter a dignidade gaulesa.

82 min. País: França. Ano: 1976. Gênero: animação. Título original: Les douze travaux d’Astérix. Direção: Albert Uderzo, René Goscinny, Pierre Watrin. Classificação Indicativa: Livre.

- Publicidade -

Veja Também

- Publicidade -

Últimas Notícias

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Vasco empata com Defensa Y Justicia fora de casa na Sul-Americana – Veja os Gols

Na primeira partida de futebol em solo argentino após o falecimento da lenda Diego Armando Maradona, homenageado antes da...

Ivete Sangalo lança “Não Pode Parar”, parceria com MC Zaac

Gravado na Praia do Forte, Bahia, o clipe conta com a direção de Bruno Ilogti e vem com muita dança, coreografia e efeitos especiais.

Dois documentários do Curta! estão na mostra competitiva do Festival de Brasília

A 53ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, entre 15 a 20 de dezembro, terá dois documentários...

Daniela Albuquerque entrevista Cesar Filho nesta quinta-feira

Dono de uma voz singular, Cesar trabalha como jornalista há quase 40 anos, na televisão e no rádio. Já...

Produções na HBO que combinam romance e comida

A HBO estreou recentemente a minissérie espanhola FOODIE LOVE, a primeira produção para televisão escrita e dirigida pela reconhecida...

Um novo peão entrou de surpresa em A Fazenda 12, nesta quinta-feira, 26/11: o CB, influenciador digital da Casas Bahia, está na sede...

Cada episódio de A Fazenda traz muitas novidades e reviravoltas para o público e para os integrantes do reality,...

RedeTV! promove sabatina com Bruno Covas (PSDB) nesta sexta-feira

A RedeTV! realiza nesta sexta-feira (27), às 21h45, uma sabatina com o candidato à Prefeitura de São Paulo, Bruno...
- Publicidade -