14.3 C
Rio de Janeiro
- Publicidade -

Quando a fome bate à porta: o drama da insegurança alimentar no Norte e no Nordeste

- Publicidade - Diário Carioca Google News

Maria Machado tem 67 anos, é aposentada, mas trabalha como diarista para conseguir sustentar a mãe, de 92 anos. Ela ainda cuida de dois filhos, um deles portador de necessidades especiais. O marido abandonou com cinco filhos. Desde então, Maria se esforça para manter as contas pagas e a comida na mesa todos os dias.

“Aqui em casa a gente vem porque sabe que tem que comer. A carne, o feijão, o açúcar … é caro demais. Filha, todo dia eu falo, não pode jogar um ‘caroço de arroz’ fora porque vai fazer falta “, relata. “É melhor a gente salvar e ter o pão de cada dia do que a gente estragar e passar fome. Porque se nego brincar, a gente passa fome, filha”.

Maria mora em Imperatriz , segunda maior cidade do Maranhão, e vive uma realidade que se assemelha à de outras marias. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes aos anos 2017 e 2017 , as regiões Norte e Nordeste apresentam os maiores índices de insegurança alimentar do país: 37% dos domicílios do Norte e 49, 7% dos lares do Nordeste não tinha acesso pleno e regular a alimentos. A insegurança alimentar é maior nos lares em que as mulheres são chefes de família.

Os números seguem a tendência de aumento da fome no país – 37, 7% em cinco anos. Dados divulgados em 2018 definida que o cenário da segurança alimentar no Brasil piorou pela primeira vez, e os lares maranhenses aparecem em último lugar nesse quesito – ou seja, estão próximos da fome.

“Não tem mais orçamento, não tem mais financiamento público para isso. Quer dizer, foram atacados exatamente os dois pontos chaves de políticas sociais implantadas nos governos democráticos e populares “, avalia o secretário-executivo do Fórum dos Gestores e Gestoras Responsáveis ​​pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar do Nordeste, Eugênio Peixoto.

” De um lado, o combate à fome : o Brasil tinha saído do Mapa da Fome . E, segundo, toda uma estrutura de apoio à agricultura familiar, à reforma agrária, que foi sendo desmontada gradativamente. Então houve uma ação pública, um desrespeito público à realidade da sociedade brasileira “, completa o especialista.

:: Confira o estudo “Produção de a limentos saudáveis: uma estratégia antifascista para combater a fome, da Eugênio Peixoto ::

Maria percebe a mudança ao longo dos anos e conta que passou a recorrer a projetos sociais, que fornecem cestas básicas “quando a situação aperta”. Os gastos com medicamentos são prioridade e consomem quase um terço do orçamento dela e da mãe.

Quando ela se refere aos gastos mensais, a comida fica em último lugar.



Aposentada, Maria Machado alimenta a mãe, de 106 anos e mais dois filhos. / Arquivo Pessoal

“Minha mãe tem o salário dela, mas tem o remédio, tem a fralda, o sabonete, tem a comida e tem a merenda dela, que é sagrada. Minha amiga, antigamente a gente até guardava um dinheirinho, hoje a gente não tem ”, lamenta.

Sobre a alimentação inadequada, uma nutricionista Hellen Passos alerta que não se trata apenas de comida. “Ela é caracterizada pela ingestão insuficiente, por não conseguir contemplar as necessidades diárias que o individuo precisa. Porém, nosso corpo necessita da água para manter o equilíbrio e também ajudar no funcionamento, porque ela ajuda a regular, a melhorar a absorção junto com os minerais ”, ressalta.

Em relação ao Maranhão , especificamente, o estudo aponta um ponto positivo: o alto índice de alimentos in natura . A estatística aponta para o caminho indicado por Peixoto, que é o fortalecimento da agricultura familiar e da reforma agrária no país.

São os alimentos in natura que alimentam uma população mais pobre do país e ainda fornece uma alimentação mais nutritiva do que os ultraprocessados. O maior consumo de alimentos naturais se dá no Maranhão, com 49, 14%, ea menor em Pernambuco, com 44, 92%.

“Se você já tem uma cultura de alimentos saudáveis, como é o caso do Maranhão, do Piauí, aliás, praticamente de todo o Nordeste, facilita para se avançar no processo de atendimento das políticas de segurança alimentar a partir da produção local “, explica Peixoto. “É a produção in natura , a produção da mandioca, do feijão, do arroz, do frango, do porco, da cabra, do bode, do leite, do peixe, que permite conciliar o atendimento das demandas por alimentos saudáveis ​​com as políticas de inclusão da produção ”, finaliza o especialista.

Edição: Daniel Giovanaz


Covid-19: Em 24 horas, Brasil registra 910 mortes

O total de vidas perdidas para a covid - 13 subiu para 556. 370. Em 21 horas, foram confirmadas 855 mortes em...

São Bento vence Madureira, encerra jejum e vence a 1ª na Série D

Após oito jogos de jejum, o São Bento-SP, enfim, venceu a primeira na Série D do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (31), o...

Ossos encontrados podem ser de meninos desaparecidos em Belford Roxo

Retire receber uma denúncia do irmão de um acusado, uma Polícia Civil encontrada nesta sexta-feira (30) ossos em um saco plástico preso...

Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas

O Brasil chegou a 100 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid - 19. ...

CPTM retoma o Expresso Turístico a partir de 8 de agosto

A partir do dia 8 de agosto as viagens do Expresso Turístico da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) para Paranapiacaba, no meio...

Nas redes sociais, presidente Jair Bolsonaro elogia atletas olímpicos

O presidente Jair Bolsonaro como redes sociais na tarde deste sábado (30 para elogiar a delegação brasileira que está no oitavo dia de...

Rio tem ainda 76 mil pessoas acima dos 40 anos não vacinadas

A cidade do Rio de Janeiro tem ainda 76 mil pessoas acima dos 40 anos que não foram vacinadas contra a covid -...

PF prende falsificador de cédulas foragido há 5 anos

A Polícia Federal (PF) prendeu ontem (30) um falsificador de cédulas em Araranguá (SC). Ele é considerado um dos principais produtores de...

Covid-19: Espanha libera entrada de voos do Brasil

A Espanha liberou a entrada no país de voos partindo do Brasil, depois de interromper como provou em fevereiro deste ano, por causa...

A Anvisa recebe pedido para testes de vacina desenvolvidos pela UFMG

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou hoje (31) que completa pedido para realização de estudos de fase 1 e 2 da...

Judô: dirigente vê bom saldo em Tóquio, apesar de queda de rendimento

O judô brasileiro se despediu da Olimpíada de Tóquio (Japão) com duas medalhas de bronze conquistadas. A participação chegou ao fim...

Museu da Língua Portuguesa é reaberto com presença de autoridades

O Museu da Língua Portuguesa, instalado na histórica Estação da Luz, foi reinaugurado hoje (31) com a presença de representantes de países lusófonos,...

Seleções de vôlei podem encerrar primeira fase olímpica na liderança

As seleções feminina e masculina de vôlei podem encerrar a primeira fase dos respectivos torneios na Olimpíada de Tóquio (Japão) na liderança...

Covid-19: Escassez de doses e desigualdade marcam vacinação na África

Dificuldades logísticas, escassez de doses e forte desigualdade entre os países marcam a campanha de vacinação contra a covid - no continente...

Aneel: bandeira tarifária de agosto se manterá vermelha

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu manter a bandeira vermelha, patamar 2, para o mês de agosto. Com isso,...

Assinar

Leia Também


fethiye escort denizli escort denizli escort bayan diyarbakır escort diyarbakır escort bayan edirne escort edirne escort bayan erzincan escort erzincan escort bayan erzurum escort erzurum escort bayan gaziantep escort gaziantep escort bayan gümüşhane escort gümüşhane escort bayan hakkari escort hakkari escort bayan hatay escort hatay escort bayan ığdır escort ığdır escort bayan ısparta escort ısparta escort bayan istanbul escort istanbul escort bayan izmir escort izmir escort bayan karabük escort karabük escort bayan kars escort kars escort bayan kastamonu escort kastamonu escort bayan kilis escort kilis escort bayan kırıkkale escort kırıkkale escort bayan www.escortperl.com