Diário Carioca Google News

Capítulo 125, segunda-feira, 08 de fevereiro – Do outro lado da praça, Maria Isabel é trazida pelos escravos. Todos riem dela. Quando Almeida a vê, Sapião enfrenta Almeida e diz para trocar Maria isabel por Juliana para uqe nenhuma desgraça aconteça ali. Quintiliano leva Filipa pra casa pelos braços e a tranca no quarto. Ela diz que precisa se encontrar com o pirata que sabe da história da filha de Átila. Guilherme diz à Filipa que vai se encontrar com ele. Almeida pede que soltem Maria Isabel. Sapião pede para fazer a troca. Osório ameaça pegar a arma. Genésio tira a garrucha, aponta para Maria Isabel e diz que se Almeida fizer alguma coisa com Miguel e Juliana a sinhá morre. Esméria presencia a cena e se espanta. Bá Teixeira dá um conselho a Quintiliano mesmo sabendo que pode ser castigada. Ela diz que Quintiliano está errado e que ela não vai deixa-lo fazer isso de novo. Quintiliano se assusta com o que Bá Teixeira diz. Tito Pardo leva Beatrice para casa e Teresa se espanta. Beatrice disse que saiu para pensar e pegou uma trilha na mata.

Capítulo 126, terça-feira, 09 de fevereiro – Teresa conta para a mãe tudo o que aconteceu. Ela se assusta. Esméria diz para Genésio baixar a garrucha e ele se nega. Almeida diz Juliana e Maria Isabel foram apenas vítimas e que o verdadeiro culpado é Miguel. Miguel confirma que é ele o culpado. Loreto fala para o soldado Crisaldo libertar Zé Leão. Ele fica receoso mas abre a cela. Bá Teixeira leva água e frutas para Filipa. Filipa diz que vai fugir de casa e se casar com Átila mesmo contra a vontade do pai. Átila pede que o soltem da prisão porque precisa saber do paradeiro de sua filha. Átila convence Loreto que convence o soldado Crisaldo a abrir a cela. Átila vai atrás do pirata que está deitado em uma cama. O pirata não responde as perguntas que Átila faz. Átila pega uma faca e se aproxima do pirata mas ele está morto em cima da cama. Átila olha em volta e vê uma bolsa com alguns papeis para fora. Neste momento Guilherme entra e flagra Átila segurando a faca e se assusta com o que vê. Charles aparece na praça e diz que os escravos são pessoas e que os senhores os torturam. Ele tira de dentro de uma caixa que carregava alguns instrumentos de tortura e mostra para as pessoas que estão ao redor. Esméria não se sente bem quando vê os instrumentos de tortura e Tozé a ampara. Todos se surpreendem com a chegada de Zé Leão que, junto com Loreto, diz que o caminho não é este. Guilherme e Átila conversam e chegam a conclusão que quem matou o pirata foi a mando de Almeida. Na praça, Almeida diz que decidiu o que fazer com Juliana e Miguel. Ele diz que dá uma chance para Juliana e dizer diante de todos que lamenta por esta fuga inconsequente. Juliana olha para Miguel bastante nervosa.

Capítulo 127, quarta-feira, 10 de fevereiro – Beatrice vai conversar com Maria Isabel que chora compulsivamente. Depois enxuga as lágrimas e diz para a mãe que ela venceu e que mostrará isto aos escravos. Beatrice olha para Maria Isabel com pena. Guilherme conta para Filipa o que aconteceu e que falou para Átila ir embora. Rosalinda começa a atirar vaso e garrafas em Loreto que desvia de tudo desesperado. Almeida se aproxima de Juliana e lhe dá um beijo bem próximo da boca e sai. Catarina conversa com Esméria que diz que a melhor coisa a fazer é superar seus traumas e que hoje se tornou livre. Ela diz que quer ser admirada. Catarina olha para Esméria com orgulho. Átila bate na janela do quatro de Filipa. Bá Teixeira vê quando Filipa abre a janela e ajuda Átila a entrar. Filipa diz para ele ficar até o amanhecer, se beijam e caem na cama. No dia seguinte, Bá Teixeira entra no quarto e pede para Filipa ser rápida porque o pai está se aproximando. Nestor leva algo para Miguel comer. Miguel pede que Nestor o ajude a encontrar um doutor em leis para que seu julgamento não seja arbitrário. Nestor diz que Guilherme pode ajuda-lo e que vai procura-lo. Miguel pede que traga notícias de Juliana também. Teresa vai conversar com Juliana e pedir desculpas pelo o que Maria Isabel fez. Ela pede para Juliana desistir do amor por Miguel e que irá pessoalmente falar com Almeida para garantir a segurança no engenho. Maria Isabel fala furiosa com a mãe sobre a carta de alforria para Juliana. Beatrice fica tensa. Bá Teixeira peda para Átila fugir logo, mas não dá tempo dele sair pela janela e se esconde debaixo da cama.

Capítulo 128, quinta-feira, 11 de fevereiro – Quintiliano entra no quarto e pede para Bá Teixeira sair porque precisa conversar com a filha. Elas se olham assustadas e preocupadas. Nestor vai falar com Guilherme e diz que o destino de um homem está nas mãos dele. Rosalinda vai até a casa de Quintiliano para conversarem. Tomás entra no quarto de Filipa e chama o pai para ir até a sala. Quintiliano sai do quarto e Átila de debaixo da cama. Tomás fica surpreso ao vê-lo mas Átila diz que explica tudo depois e vai embora pela janela. Tomás leva Filipa para a sala. Beatrice com muita raiva discute com Beatrice sobre a carta. Tia Joaquina, Tito Pardo, Sapião, demais escravos e Frei Abílio terminam de sepultar o amigo que morreu. Rosalinda fala para Quintiliano que Violeta é a mulher certa para Tomás e que quer saber o que a filha do sheik tem que Violeta não tem.

Capítulo 129, sexta-feira, 12 de fevereiro – Violeta pede para Rosalinda ficar quieta e a arrasta para fora da casa. Gonzalina revela que o bolo que Urraca comeu quase inteiro foi preparado com esterco. Urraca fica enojada. Urraca pede que Nestor dê a sentença sobre a atitude de Gonzalina. Ele pede que Gonzalina fale o que aconteceu. Genésio volta para a casa de Quintiliano. Bá Teixeira diz que o senhor está com visita. Genésio volta pra senzala e abraça outros escravos. Neste momento Osório aparece e coloca a mão de Genésio em um toco.

Mais Noticias

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo