Diário Carioca Google News

A prefeitura do Rio de Janeiro assina, nesta quinta-feira, 5, uma parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para priorizar a primeira infância nas políticas públicas municipais. A cidade do Rio agora faz parte da iniciativa Unidades Amigas da Primeira Infância (Uapi) – voltada à qualificação dos serviços de saúde e de educação infantil de forma a contribuir para os resultados das políticas municipais para a Primeira Infância. Além da capital fluminense, Belém (PA), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Salvador (BA) estão na iniciativa.

A assinatura do termo de adesão será feita pelo secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, nesta quinta-feira, às 10 horas, em um evento online no Youtube do UNICEF no Brasil . Além dele, estarão presentes representantes das outras capitais, além do UNICEF e da Roche, parceira do UNICEF nessa iniciativa.

A partir da assinatura, as unidades de saúde e educação infantil das capitais serão mobilizadas pelas Secretarias de Saúde e Educação para aderir à iniciativa. Seus respectivos profissionais participarão do Ciclo Nacional de Capacitação da estratégia Uapi, que estará disponível a todos os gestores e profissionais de saúde, educação e assistência social das seis capitais de todas as unidades.

A capacitação é composta de três módulos que abordam a atenção integral e integrada da rede de serviços básicos para a primeira infância – incluindo crianças com deficiência, doenças raras e déficit de aprendizagem; mapeamento e qualificação da oferta dos serviços no município; proteção contra todas as formas de violência; indicadores de qualidade na educação infantil; além do necessário olhar para a inclusão e as diversas formas de aprender e ensinar.

“Investir no cuidado integral e integrado nos seis primeiros anos de vida – olhando conjuntamente os diferentes aspectos do desenvolvimento infantil – traz mais resultados do que em qualquer outra fase da vida”, defende Cristina Albuquerque, chefe de Saúde do UNICEF no Brasil.

“O diagnóstico correto e precoce, os cuidados necessários de saúde e as práticas de inclusão na sociedade como um todo compõem os principais desafios relatados pela comunidade de doenças raras no Brasil. A parceria com o UNICEF permitirá que esses pontos sejam contemplados de forma abrangente. Na Roche, estamos comprometidos em fazer dessa iniciativa uma catalisadora de mudanças positivas na jornada do paciente com doença rara no sistema público de saúde”, comenta Patrick Eckert, presidente da Roche Farma Brasil.

“Cuidar da primeira infância é prevenir doenças, é promover a saúde, é garantir o desenvolvimento pleno das crianças, e essas são grandes vocações da Atenção Primária à Saúde. O Município do Rio acredita e investe nos cuidados integrais pela Estratégia Saúde da Família e está muito feliz de participar desta iniciativa do UNICEF, que contribuirá muito para uma maior capacitação de nossos profissionais. O UNICEF é sempre um grande parceiro das cidades brasileiras para os cuidados com as crianças”, completa o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Esta primeira edição da iniciativa Uapi está prevista para durar até janeiro de 2023 – desde o lançamento, adesão e capacitação até a implementação e certificação do município. O processo é desenvolvido de forma colaborativa pelas equipes em cada cidade participante. Saiba mais neste guia da iniciativa .

Para acompanhar o evento, acesse o YouTube do UNICEF no Brasil .

Roche apoia UNICEF nos cuidados com a primeira infância

Para apoiar as seis capitais nos cuidados com a primeira infância, o UNICEF conta, desde janeiro de 2021, com a parceria da Roche. O projeto está sendo desenvolvido com base em quatro pilares: capacitação de médicos e demais profissionais de saúde; ampliação do conhecimento do cuidador sobre as condições da criança; avaliação e certificação de excelência concedida às Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPSs) e Centros de Educação Infantil participantes, baseada na metodologia das Unidades Amigas da Primeira Infância (Uapi); e debates sobre o tema com a sociedade, profissionais e gestores públicos do nível municipal, no contexto das Semanas do Bebê.

Juntos, os pilares de trabalho têm como propósito o avanço do cuidado integral e integrado nas áreas de saúde, educação e assistência social, para o diagnóstico precoce, o fortalecimento do conhecimento desses profissionais sobre desenvolvimento na primeira infância, o envolvimento e apoio às famílias e a importância da estimulação precoce de crianças com deficiências, doenças raras e atraso no desenvolvimento, como atrofia muscular espinhal e hemofilia.

8 de agosto, Dia Mundial da Atrofia Muscular Espinhal

A assinatura de adesão das prefeituras acontece no mês da atrofia muscular espinhal (AME), uma das doenças raras que fazem parte do conteúdo das formações para profissionais de saúde no projeto. A celebração da data tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a patologia e as necessidades não atendidas dos cerca de oito mil pacientes no Brasil. A AME é uma doença rara e genética que afeta as células nervosas da medula espinhal, responsáveis por controlar os músculos, bem como outras células presentes em todo o corpo humano.

Maior causa genética de mortes em bebês e crianças, atingindo também adultos, a atrofia muscular espinhal impacta funções vitais básicas, como andar, engolir e respirar, por isso o diagnóstico precoce, bem como o tratamento adequado e o cuidado multidisciplinar são importantes para a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares.

Sobre o UNICEF

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos. Saiba mais em https://www.unicef.org.br

Acompanhe nossas ações no Facebook Twitter Instagram YouTube LinkedIn .

Sobre a Roche

A Roche é uma empresa global, pioneira em produtos farmacêuticos e de diagnóstico, dedicada a desenvolver avanços da ciência que melhorem a vida das pessoas. Combinando as forças das divisões Farmacêutica e Diagnóstica, a Roche se tornou líder em medicina personalizada – estratégia que visa encontrar o tratamento certo para cada paciente, da melhor forma possível.

É considerada a maior empresa de biotecnologia do mundo, com medicamentos verdadeiramente diferenciados nas áreas de oncologia, imunologia, infectologia, oftalmologia e doenças do sistema nervoso central. É também líder mundial em diagnóstico in vitro e tecidual do câncer, além de ocupar posição de destaque no gerenciamento do diabetes.

Fundada em 1896, a Roche busca constantemente meios mais eficazes para prevenir, diagnosticar e tratar doenças, contribuindo de modo sustentável para a sociedade. A empresa também visa melhorar o acesso dos pacientes às inovações médicas, trabalhando em parceria com todos os públicos envolvidos. Trinta medicamentos desenvolvidos pela Roche fazem parte da Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde, entre eles, antibióticos que podem salvar vidas, antimaláricos e terapias contra o câncer. Além disso, pelo 11º ano consecutivo, a Roche foi reconhecida como uma das empresas mais sustentáveis na Indústria Farmacêutica pelos Índices de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI). Com sede em Basileia, na Suíça, o Grupo Roche atua em mais de 100 países e, em 2019, empregou cerca de 97.000 pessoas em todo o mundo. No mesmo ano, a Roche investiu 11,7 bilhões de francos suíços em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e suas vendas alcançaram 61,5 bilhões de francos suíços. A Genentech, nos Estados Unidos, é um membro integral do Grupo Roche. A Roche é acionista majoritária da Chugai Pharmaceutical, no Japão. Para mais informações, visite https://www.roche.com.br

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *