25.9 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, dezembro 3, 2020
- Publicidade -

No Rio de Janeiro, Hospital de Campanha é esvaziado mesmo com decisão judicial contra

- Publicidade -
- Publicidade -

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou no início da tarde de hoje (18) que já transferiu todos os pacientes que estavam internados no Hospital de Campanha do Maracanã. O esvaziamento foi anunciado ontem e a retirada concluída, mesmo com a decisão judicial que determinou a permanência dos pacientes na unidade.

No início da tarde dessa sexta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde informou que 26 pacientes do hospital do Maracanã e oito do de São Gonçalo estavam em processo de transferência devido ao término do contrato com a organização social Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas). No grupo, 23 pacientes estavam em unidades de terapia intensiva.

- Publicidade -

Durante a tarde, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro foram à Justiça para impedir o esvaziamento dos hospitais. Segundo os órgãos, o governo do estado estava desrespeitando decisões anteriores que determinavam o funcionamento dos hospitais e colocando em risco grave e irreversível a vida dos pacientes.

A decisão judicial que atendeu a esse pedido foi divulgada na noite de ontem. A juíza Aline Maria Gomes Massoni da Costa, da 14ª Vara da Fazenda Pública do Rio, determinou que a admissão de novos pacientes nos hospitais não fosse suspensa e decidiu que os que já estavam na unidade e ainda não haviam sido transferidos deveriam ser mantidos.

Na noite de ontem (17), e no início da tarde de hoje, a Secretaria Estadual de Saúde informou que ainda não havia sido notificada da decisão judicial e prosseguiu com as transferências. Em nota ao meio-dia deste sábado, a secretaria informou que ainda havia um paciente em cada um dos hospitais de campanha. Cerca de uma hora depois, a secretaria afirmou que o último paciente internado no Maracanã foi transferido para o Hospital Universitário Pedro Ernesto.

Apesar do esvaziamento, a secretaria nega que esteja fechando os hospitais de campanha. Ontem, o órgão disse que a Fundação Saúde, que é estadual, irá ceder profissionais para atuarem nas unidades. Na tarde de hoje, a secretaria reforçou que as unidades continuarão abertas e em condições de receber novos pacientes, caso seja necessário.

A SES justifica que decidiu retirar os pacientes dos hospitais porque, no último dia 14, a OS Iabas teria comunicado que suspenderia seus serviços com o término do contrato, que se dará hoje (18).

A organização social contesta essa versão. Em nota divulgada ontem, o Iabas diz que solicitou a rescisão do contrato, mas não pediu o fechamento dos hospitais. A OS afirma que não foi informada previamente da decisão da SES e acusa o governo de falta de  transparência na gestão.

A OS lembra que o governo do estado já havia decretado intervenção nos hospitais de campanha. “Desde a intervenção decretada no dia 2 de junho, todas as ações relacionadas a esses hospitais passaram a ser determinadas pela Fundação Saúde, que, no entanto, seguiu utilizando a mão de obra e os fornecedores de serviços e insumos contratados pelo Iabas.”

O Iabas foi contratado em março para construir e gerir sete hospitais de campanha no estado do Rio de Janeiro, mas uma série de denúncias em contratos emergenciais firmados pela SES levaram à prisão de um ex-subsecretário e um ex-secretário da pasta. Os hospitais do Maracanã e São Gonçalo foram os únicos que foram entregues, mas com atraso.

Witzel

Em um evento na Central Estadual de Abastecimento (Ceasa) neste sábado, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse que a política de saúde do Rio de Janeiro acertou mais do que errou no combate à pandemia. Ao ser indagado sobre os hospitais de campanha, ele pediu que jornalistas perguntassem sobre o assunto ao secretário estadual de saúde, Alex Bousquet.

“Isso é melhor você perguntar para o secretário de Saúde. Tudo que fiz como governador para resolver o problema da pandemia foi pautado na opinião de especialistas”, disse Witzel, que avaliou: “Vislumbro que acertamos muito mais do que erramos. E o que foi errado tem que ser corrigido. Agora, não pode transformar esse problema que nós tivemos, que não impactou na solução da pandemia, porque o Rio de Janeiro está dando exemplo para o Brasil pelas decisões que eu tomei. Agora, problemas acontecem, e esses problemas têm que ser resolvidos. E quem resolve é o secretário de Saúde, que é médico, tem especialidade para isso. Não sou eu”

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Vasco da Gama x Defensa Y Justicia: Confira escalações e onde assistir

No jogo de ida, realizado no Estádio Norberto Tito Tomaghello, deu empate em 1 a 1. Outro empate, mas sem gols, classifica o Vasco. Já se houver empate com dois ou mais gols marcados, a vaga é dos argentinos.

Prefeitura coíbe venda irregular de quentinhas na Barra da Tijuca

Como resultado, fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda vistoriaram 33 ambulantes e apreenderam 201 itens, entre eles 115 embalagens com refeições, sem procedência e vendidas sem as condições necessárias de armazenamento.

Últimas Notícias

Comissão da Pessoa com Deficiência realiza fiscalização de acessibilidade na cidade do Rio

Veículos que fazem transporte intermunicipal foram retirados de circulação e houve aplicação de multas.

Claudia Leitte é a convidada do Máquina da Fama

No Máquina da Fama deste sábado, 05 de dezembro, Patricia Abravanel recebe umas das maiores cantoras do Brasil, Claudia Leitte.

Rio Scenarium realiza a festa Brasil Pandeiro com Feyjão e Mosquito

E para deixar esse dia ainda mais brasileiro e com a cara do samba, a DJ Cris Panttoja coloca todo mundo para dançar na abertura e nos intervalos.

Vasco da Gama x Defensa Y Justicia: Confira escalações e onde assistir

No jogo de ida, realizado no Estádio Norberto Tito Tomaghello, deu empate em 1 a 1. Outro empate, mas sem gols, classifica o Vasco. Já se houver empate com dois ou mais gols marcados, a vaga é dos argentinos.

Prefeitura coíbe venda irregular de quentinhas na Barra da Tijuca

Como resultado, fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda vistoriaram 33 ambulantes e apreenderam 201 itens, entre eles 115 embalagens com refeições, sem procedência e vendidas sem as condições necessárias de armazenamento.

Corpo de Bombeiros entrega 58 ambulâncias adquiridas com recursos da Taxa de Incêndio

Tributo também serviu para aquisição de 20 motos aquáticas e um reboque marítimo

Secretaria do Ambiente fiscaliza Canal do Marapendi e lagoas da Barra da Tijuca

A ação contou com o apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm), e foi desencadeada com o objetivo de checar despejo irregular de efluentes nos ecossistemas lagunares da Barra da Tijuca.

Alerj aprova contas do governo Wilson Witzel de 2019

Os parlamentares também aprovaram, por unanimidade, nesta quarta, o projeto de decreto legislativo 53/20, que aprova as contas de 2019 do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ)

Câmara aprova MP que libera recursos para compra da vacina de Oxford contra a Covid-19

O dinheiro vai custear contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca. A empresa desenvolve uma vacina contra Covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Horóscopo de quinta-feira 03 de dezembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo do dia 03 de dezembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Conta de luz fica mais cara em dezembro, revela Aneel

O órgão reativou o sistema de bandeira tarifárias e estabeleceu bandeira vermelha patamar 2 para este mês. A taxa é considerada a mais alta, com custo de R$ 6,243 por 100 quilowatts/hora consumidos

Vasco da Gama x Defensa Y Justicia: Confira escalações e onde assistir

No jogo de ida, realizado no Estádio Norberto Tito Tomaghello, deu empate em 1 a 1. Outro empate, mas sem gols, classifica o Vasco. Já se houver empate com dois ou mais gols marcados, a vaga é dos argentinos.

Prefeitura coíbe venda irregular de quentinhas na Barra da Tijuca

Como resultado, fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda vistoriaram 33 ambulantes e apreenderam 201 itens, entre eles 115 embalagens com refeições, sem procedência e vendidas sem as condições necessárias de armazenamento.

Arianne Botelho e Leandro Hassum estreiam o filme ‘Tudo Bem no Natal que Vem’ na Netflix

No longa, a atriz de 27 anos, que já é conhecida por seus trabalhos na TV Globo em ‘Lei do Amor, ‘Malhação’ e ‘Segredos de Justiça’, interpreta Aninha, filha de Jorge (Leandro Hassum).

“Mariah Carey’s Magical Christmas Special” estreia 4 de dezembro

O especial da Rainha do Natal apresenta uma programação espetacular repleta de estrelas, incluindo Tiffany Haddish, Billy Eichner, Ariana Grande, Jennifer Hudson, Snoop Dogg, Jermaine Dupri, Misty Copeland e Mykal-Michelle Harris
- Publicidade -