22 C
Rio de Janeiro
terça-feira, novembro 24, 2020
- Publicidade -

Alerj vai recorrer de liminar que suspendeu comissão do impeachment de Witzel

- Publicidade -

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) vai recorrer da decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que suspendeu o processo de impeachment do governador e determinou a recomposição da comissão especial que analisa a denúncia contra Wilson Witzel. A decisão foi tomada por unanimidade em reunião entre os líderes partidários realizada no início da tarde desta terça-feira (28/07). 

Os parlamentares decidiram ajuizar o recurso no início de agosto, quando termina o recesso no judiciário. Com isso, quem analisará o pedido da Casa será o ministro Luiz Fux, relator do processo. A liminar foi concedida no plantão judiciário pelo ministro Dias Toffoli no último dia 27, em meio ao recesso da corte.

“Nós reafirmamos a confiança em tudo o que foi feito, na composição da comissão, a definição do rito, que seguiram a Lei 1.079/50 e a ADPF 378. Elas determinam a participação de todos os partidos, e permitem a formação da comissão por indicação dos lídres. Estamos garantindo o direito à ampla defesa do governador”, afirmou o deputado André Ceciliano. 

Nova comissão

Segundo o presidente da Alerj, a Casa vai estudar, em paralelo ao recurso, um modelo para a formação de uma nova comissão que contemple a participação de todos os 25 partidos com representação na Alerj, como determina a lei do impeachment, e a proporcionalidade das bancadas. “Em paralelo ao recurso vamos estudar um critério de proporcionalidade, para que a gente possa ter uma alternativa”, finalizou Ceciliano. 

Presidente da comissão especial suspensa pela liminar, o deputado Chico Machado (PSD) agradeceu ao apoio dos demais deputados, e também foi favorável ao recurso. “Vamos ter mais trabalho, mas vamos levar uma decisão para a nossa população, porque é isso que o povo do Rio de Janeiro espera de todos nós”, destacou. 

Um dos autores da denúncia que resultou no processo de impeachment, o deputado Luiz Paulo (PSDB) também defendeu a decisão, mas pontuou que é preciso formular uma alternativa. “O crime de responsabilidade é concreto. Temos que estudar muito bem as possibilidades para a formação desssa nova comissão”, afirmou

- Publicidade -

Veja Também

- Publicidade -

Últimas Notícias

Horóscopo do dia 24 de novembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo do dia 24 de novembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde. ÁRIES...

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Horóscopo do dia 24 de novembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo do dia 24 de novembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o...

Capital Inicial faz show no Espaço das Américas

Apresentação acontece neste sábado e repertório traz seleção de hits e música inédita

Pestana Hotel Group oferece descontos de até 55%

No Brasil, os hotéis de Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, os descontos vão até 30% e incluem café da manhã.

DarkCoffee oferece 50% de desconto no “Expresso Surpresa”

Diariamente a cafeteria disponibiliza um microlote de café especial com mais de 85 pontos. Frutado, cítrico ou mais forte...

Black Friday: Sorvete Brasil apresenta sua BLACK WEEK ICE

Na compra de uma caixa de 700ml ou 1,3l na loja virtual, www.sorvetebrasil.com.br, o cliente ganha 20% de desconto. E comprando duas caixas ou mais, ganha 30% de desconto.

Comédia Os Canastrões Também Vão Para o Céu estreia no Zoom

Depois de duas temporadas em teatros do Rio de Janeiro, a comédia OS CANASTRÕES TAMBÉM VÃO PARA O CÉU...

Marcela Brandão lança “Sobre Maria”, canção autoral sobre a força da mulher brasileira

Como uma homenagem a "Maria Maria" de Milton Nascimento e Fernando Brant, a canção da artista ressalta a potência e a delicadeza das mulheres que nunca perdem a mania de ter fé
- Publicidade -