25.9 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, janeiro 19, 2022

QuintoAndar muda sua marca e reafirma posição de destino de moradia

Com novo posicionamento, plataforma quer continuar expandindo produtos e serviços para ajudar mais pessoas a morarem melhor

TJRJ suspende prazos e atividades forenses na Cidade do Rio nesta sexta-feira (21/1)

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, suspendeu os atos processuais e o expediente forense da próxima sexta-feira, dia 21 de janeiro, na capital fluminense.

Aperol lança bar no Bondinho Pão de Açúcar

Que tal experimentar o Aperol Spritz perfeito, em um dos cenários mais conhecidos e icônicos do mundo? Essa é a proposta de Aperol Spritz para esse verão, ao anunciar a abertura do Aperol Spritz Sunset Bar no Bondinho Pão de Açúcar.
Rio de JaneiroGasolina varia até 15,52% em bairros do Rio de Janeiro
- Publicidade -

Gasolina varia até 15,52% em bairros do Rio de Janeiro

- Publicidade -

O preço médio da gasolina comum na cidade do Rio de Janeiro em julho foi de R$ 4,68, mas moradores de diferentes regiões encontraram preços bem distintos ao longo do mês. De acordo com levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas, o valor cobrado pelo litro do combustível variou até 15,52% durante o período, com preços entre R$ 4,38 e R$ 5,06.

Os bairros com a gasolina mais baratos ficam da Zona Norte: Madureira (R$ 4,38), Vicente de Carvalho (R$ 4,39) e Méier (R$ 4,40). Já os mais caros estão na região Sul da cidade: Copacabana (R$ 5,06), Lagoa (R$ 5,01) e Urca (R$ 4,97).

- Advertisement -

A média da cidade é maior do que o preço médio da gasolina a nível nacional. Em julho, pelo segundo mês consecutivo, o combustível ficou mais caro no país. O valor do litro chegou a R$ 4,322 durante o mês, acumulando uma alta de 7,78% na comparação com maio – o último mês com registro de redução nos preços.

O aumento no preço da gasolina reflete a retomada das atividades econômicas após a crise causada pela pandemia do novo coronavírus no mundo, que diminuiu a circulação de veículos no Brasil.

- Publicidade -

Obtidos por meio do registro das transações realizadas entre os dias 1º e 29 de julho com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que o estado de São Paulo teve a média mais baixa entre o Sudeste (R$ 4,05). Já o Rio de Janeiro foi o estado com a gasolina mais cara (R$ 4,73).

Fonte: ValeCard
Fonte: ValeCard

- Publicidade -

Comparativo por estados do Sudeste:

Estado Média julho Média junhoVariação (R$)Variação (Percentual)
ES                     4,285                         4,105                       0,18004,38%
MG                     4,428                         4,259                       0,16953,98%
RJ                     4,734                         4,601                       0,13302,89%
SP                     4,050                         3,902                       0,14783,79%
 Geral                     4,374                         4,217                       0,15763,76%

Comparativo por bairros mais baratos:

BairroMédia julho
Madureira4,38
Vicente de Carvalho4,39
Méier4,40
Catumbi4,43
Tanque4,47
Turiaçu4,49
Cascadura4,49
Vila da Penha4,51
Penha Circular4,53
Deodoro4,54

Fonte: ValeCard

Comparativo por bairros mais caros:

BairroMédia julho
Copacabana5,06
Lagoa5,01
Urca4,97
Flamengo4,95
Gávea4,93
Laranjeiras4,91
Ipanema4,91
Galeão4,90
Freguesia4,89
Maracanã4,87

Fonte: ValeCard

Veja Mais Notícias do Diário Carioca

- Publicidade -
- Publicidade -

Confira Outros Assuntos

- Publicidade -

Notícias Mais Lidas

- Publicidade -