A pista tem 230 metros de comprimento e quatro raias - Beth Santos/Prefeitura do Rio

O prefeito Eduardo Paes participou, neste sábado (13/02), da inauguração da nova pista de atletismo da Vila Olímpica Oscar Schmidt, em Santa Cruz, na Zona Oeste. São 230 metros de comprimento e quatro raias em piso sintético vermelho, moldado em borracha com resina de poliuretano. Paes ressaltou o esforço da Prefeitura, neste início de gestão, em reabrir os equipamentos esportivos da cidade.

– A gente está tentando, com muito esforço, botar para funcionar com mais qualidade os equipamentos existentes na Prefeitura. Estamos reabrindo todas as vilas olímpicas e fazendo algumas requalificações, como essa pista de atletismo. Esse é um espaço que mostra a importância das vilas olímpicas para a prática esportiva. O esporte tem um papel de inclusão, também de convivência e de saúde – explicou o prefeito.

Equipamento da Secretaria Municipal de Esportes (SMEL), a Vila Olímpica Oscar Schmidt possui mais de dois mil alunos. Chayenne Silva, atleta dos 400 metros com barreiras que faz parte da lista de pré-convocados para os Jogos Olímpicos de Tóquio – previstos para o período de 23 de julho a 8 de agosto – elogiou a nova pista.

– Fiquei muito feliz com a reforma. Era um desejo antigo. Com certeza isso vai ajudar a melhorar não só o meu resultado, mas de todos que treinam aqui. Fico muito grata por ter esse suporte – disse Chayenne, que está pouco mais de um segundo acima do índice olímpico, que é de 55s40.


Já o velocista Arnaldo Oliveira, terceiro lugar no revezamento 4x100m nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, fez questão de cumprimentar Paes pela inauguração da pista de atletismo. Ele colocou a medalha de bronze no pescoço do prefeito e posou para fotos ao lado dele simulando a largada de uma corrida.

Revitalização da vila

A nova pista servirá para as atividades de aprendizado e treinamento de atletas. Para melhorar as condições de uso, foi realizada a recuperação da arquibancada que atende, além da própria pista, o campo de futebol. Também foram reformadas a caixa de areia para salto e as canaletas coletoras de águas pluviais do piso.

Para o secretário municipal de Esportes, Guilherme Schleder, a revitalização da Vila Oscar Schmidt, em especial da pista de atletismo, era extremamente necessária em razão da sua conservação, além de ser uma reivindicação antiga dos moradores.

– A Vila é um equipamento muito importante para toda a região, pois atende a mais de dois mil alunos. Sua revitalização, principalmente em um ano de Olimpíada, possibilitará a melhora no treinamento das crianças e jovens que sonham um dia disputar importantes competições internacionais da modalidade

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *