Diário Carioca Google News

Três partidas abriram a quarta rodada da fase de grupos da Libertadores na noite desta terça-feira (24). E teve brasileiro vencendo e encaminhando a classificação para as oitavas de final.

O Santos encarou o Estudiantes de La Plata, da Argentina, na Vila Belmiro. Durante boa parte da primeira etapa, o jogo se resumiu em ataque do Peixe e retranca Argentina. Até que aos 40 minutos, o Estudiantes resolveu ir para cima do Peixe. Só que no contra-ataque, foi o Alvinegro Praiano que se deu bem. Depois de um desarme no setor defensivo, Copete lançou Gabriel Barbosa, o Gabigol. Com tranquilidade, o camisa 10 só deslocou o goleiro e balançou as redes pela primeira vez na Libertadores.

Gabriel estava há oito jogos sem marcar (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Gabriel estava há oito jogos sem marcar (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Na segunda etapa, a estratégia das duas equipes permaneceu, mas desta vez o gol santista veio mais cedo. Logo aos quatro minutos, Jean Motta cruzou e o zagueiro Lucas Veríssimo cabeceou sem chance para o arqueiro argentino. Placar final, Santos dois, Estudiantes zero. A vitória manteve o Peixe na liderança com nove pontos, cinco a mais que o Estudiantes, segundo na chave.

Nesta quarta (25), dois dos times brasileiros com os maiores investimentos entram em campo pelo torneio mais importante do continente. Na Colômbia, o Santa Fé recebe o Flamengo pelo grupo quatro. A partida vale a liderança do grupo, hoje ocupada pelo Mengão com cinco pontos conquistados. E na mística La Bomboneira, na Argentina, o Boca Juniors pega o Palmeiras também valendo a liderança do grupo oito. O Alviverde é o líder isolado da chave com sete pontos, o Boca é o segundo com cinco pontos. Se vencer, o Verdão garante vaga nas oitavas.

Se o seu time não está na Libertadores, fique tranquilo. A noite também é de Copa do Brasil. Dois jogos abrem a fase de oitavas de final da competição. O Vitória tem duelo contra o Corinthians, no Barradão. Em Goiânia, o Goiás terá a dura tarefa de encarar o Grêmio, atual campeão da América.

Reportagem, Raphael Costa

Newsletter

Mais Noticias

Lo que no dicen de Cuba

No empezó con Biden, hay que decir. Desde el 2017 vienen martillando la falacia de un estallido social en Cuba con su solución mágica, la “intervención humanitaria”

Redação do Diário Carioca

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *