21.4 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, novembro 20, 2020
- Publicidade -

ANS encerra amanhã consulta sobre boas práticas em parto

- Publicidade -

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) encerra amanhã (23) consulta pública sobre boas práticas em parto adequado no Brasil. A sociedade pode colaborar com sugestões para alteração da Resolução Normativa 440 da agência, que instituiu o Programa de Certificação de Boas Práticas em Atenção à Saúde.

Estão sendo propostas as inclusões de dois anexos à resolução: o manual de certificação e o glossário de boas práticas em parto adequado. Além disso, está sendo colocada em discussão uma nota técnica sobre o impacto regulatório da certificação de boas práticas em atenção ao parto e nascimento.

A certificação é uma proposta do Movimento Parto Adequado, que prevê um selo de qualidade, a participação das mulheres e audiências públicas, além da divulgação de informações. A ideia é aumentar a qualidade da atenção à mãe e ao bebê oferecida pelas operadoras de planos de saúde.

As contribuições poderão ser enviadas até esta sexta-feira (23) pelo site da ANS.

- Publicidade -

Veja Também

- Publicidade -

Últimas Notícias

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Filhos de Gugu falam sobre o pai no Domingo Espetacular

O Domingo Espetacular deste final de semana, dia 22/11, exibe uma reportagem especial em homenagem a Gugu Liberato. Esta...

MC Mirella bombardeia Jake e Mariano, surpreende na avaliação de Biel, Raissa e Stéfani e comenta sinais combinados com ex-peões

O Hora do Faro deste domingo (22/11) recebe a décima e mais recente eliminada de A Fazenda 12, MC Mirella, e dá sequência...

Case “Vivi Guedes”, como embaixadora da Fiat, leva três troféus no Effie Awards Brasil

- Ação da Fiat com a agência Leo Burnett Tailor Made e a Rede Globo foi um dos destaques da premiação

Fazendas milionárias do megatraficante Cabeça Branca vão à leilão

As terras de um dos principais traficantes da América Latina são avaliadas em mais de R$ 9 milhões
- Publicidade -