26.1 C
Rio de Janeiro
2 dezembro, 2021

OMS considera inevitáveis novas restrições devido aos casos de covid-19

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

Genebra, 12 nov (EFE).- A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta sexta-feira que em países onde há um forte aumento dos casos de covid-19, como vários na Europa Central e Oriental, dificilmente escaparão de novas restrições, pelo menos durante um curto período de tempo.

- Publicidade -

“Francamente, alguns países estão em uma situação tão complicada que será difícil para eles não implementar medidas restritivas, pelo menos por um curto período de tempo para reduzir a intensidade da transmissão”, disse o diretor de emergências de saúde da OMS, Mike Ryan, em entrevista coletiva em Genebra.

- Publicidade -

Ele disse que para outros países que não se encontram numa situação alarmante, “pode não ser tarde para transmitir à população que é necessário voltar a usar máscaras, evitar espaços congestionados, trabalhar a partir de casa e manter a distância social”.

- Advertisement -

De acordo com a análise de Ryan, o que se observa na Europa é o resultado de uma combinação de um levantamento rápido das medidas de prevenção no contexto da pandemia e taxas de vacinação insuficientes.

Ele argumentou que os governos devem avaliar as decisões tomadas com base no momento da pandemia em que se encontram, mas que é claro que naqueles em que apenas 30% a 50% das pessoas foram vacinadas, deve-se entender que isso não pode ter coberto totalmente a população em risco.

“Há grupos significativos da população que permanecem não vacinados e, nesses casos, a mesma incidência de casos (em relação aos países com maiores taxas de vacinação) levará a um aumento da pressão sobre o sistema de saúde”, alertou.

A OMS disse que a nova onda de covid-19 que está atingindo a Europa está ocorrendo sobretudo entre pessoas não vacinadas, pois as vacinas têm se mostrado altamente eficazes mesmo contra a variante delta, que se tornou dominante e é mais transmissível que o coronavírus original, que começou a se espalhar no final de 2019.

A chefe da unidade técnica da OMS contra a covid-19, Maria Von Kerkhove, disse que o que está acontecendo na Europa, com o aumento de casos e mortes, “era totalmente previsível, porque quando você deixa de usar máscaras, de manter a distância dos outros ou de evitar grandes grupos de pessoas, e tudo isso no contexto de uma vacinação limitada, é normal que o vírus se espalhe”.

“As mortes que estão acontecendo poderiam ter sido evitadas”, disse.

O hemisfério norte entrará em breve no inverno e a OMS teme que isso acelere as infecções porque as pessoas passam mais tempo dentro de casa.

Maria Von Kerkhove disse que nestas circunstâncias é essencial investir em uma boa ventilação em locais públicos fechados. EFE

Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Redação do Diário Cariocahttps://diariocarioca.com
Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Bolivia registra 1.115 nuevos contagios y ocho fallecimientos por coronavirus

La Paz, 2 dic (EFE).- Bolivia reportó ocho decesos a causa de la covid-19 y 1.115 nuevos casos de la enfermedad, cerca de la...

La OMS informa de que Sudáfrica y Botsuana acumulan el 62 % de los casos de ómicron en el mundo

Johannesburgo, 2 dic (EFE).- Sudáfrica y Botsuana acumulan el 62 % de los casos de ómicron, la nueva variante del coronavirus, detectados en el...

La EMA evalúa en tiempo real la vacuna de la covid-19 de la francesa Valneva

La Haya, 2 dic (EFE).- La Agencia Europea de Medicamentos (EMA) comenzó este jueves a evaluar en tiempo real los datos emergentes de la...

Rusia vuelve a registrar más de 33.000 casos por covid y no bajan las muertes

Moscú, 2 dic (EFE).- Rusia volvió a registrar hoy más de 33.000 muertes por covid-19 después de solo dos días por debajo de este...

Descubren el posible detonante de los trombos tras la vacuna de AstraZeneca

Londres, 2 dic (EFE).- Un equipo de científicos del Reino Unido y Estados Unidos cree haber descubierto el detonante para el desarrollo de unos...
- Publicidade -

Agora é lei: O Tablado é patrimônio cultural e imaterial do Rio

 teatro “O Tablado” é patrimônio cultural e imaterial do estado do Rio de Janeiro. É o que declara a Lei n° 9.479/21
- Publicidade -