Diário Carioca Google News

O público receberá um presente no próximo dia 23, dentro da Temporada Theatro Municipal de Portas Abertas Online, na forma de um Concerto Especial de Natal, inteiramente gratuito, com apresentação da primeira bailarina Ana Botafogo.

O espetáculo vai exibir um trecho do balé O Quebra Nozes, que vai ser dançado pelos primeiros-bailarinos do teatro, Claudia Mota e Filipe Moreira, e terá também obras de Vivaldi e Arcangelo Corelli, com a Orquestra de Cordas da Orquestra Sinfônica do Municipal, sob a regência de Priscila Bomfim. A direção artística é de Ira Levin. O concerto poderá ser visto no canal do Theatro no You Tube, às 19h e no Facebook, às 20h.

O Quebra-Nozes foi o último balé do compositor russo Tchaikovsky, que faleceu menos de um ano após escrever sua composição. Considerado um dos maiores sucessos dos balés de repertório do mundo, devido à história que ocorre durante o Natal, O Quebra-Nozes se tornou um espetáculo quase obrigatório de apresentação no fim de ano.

Outras atrações

No Concerto Especial de Natal, os músicos da orquestra tocarão a obra La tempesta di mare, ou Tempestade do Mar, escrita por Antonio Vivaldi para violino e orquestra de cordas. O solista é o violinista Daniel Albuquerque, integrante da Orquestra Sinfônica do Theatro, com regência de Priscila Bomfim.

Outro destaque da noite do dia 23 de dezembro será o Concerto Grosso em sol menor Op.6 No.8, Feito para a Noite de Natal, de Arcangelo Corelli, também com Cordas da Orquestra Sinfônica e regência de Priscila Bomfim. Embora comece evocando uma noite fria e misteriosa, a obra termina com um movimento dançante, remetendo ao ambiente pastoril e às figuras tradicionais do presépio natalino.

Concerto Tchaikovsky - Orquestra

O presidente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Aldo Mussi, disse que a internet foi uma experiência positiva e bem sucedida – Lipe Portinho/Direitos reservados

Internet

Em entrevista hoje (21), o presidente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Aldo Mussi, disse que o Concerto de Natal é, na verdade, um grande final para uma temporada virtual que tem sido muito bem sucedida. “O nível dos concertos foi subindo, começando por música de câmara e pequenas formações, até terminar com trabalho orquestral e com balé e, agora, com o Concerto de Natal, onde Tchaikovsky não poderia faltar”. A temporada contou também com apresentação do coro do teatro para grandes mestres da ópera internacional.

Mussi destacou que, neste momento de isolamento, para não colocar em risco nem os artistas, nem o público, “a gente tem a opção da internet”. “A gente espera que, no ano que vem, em outro momento, possa voltar a ter o público em nossa casa assistindo e mais a oportunidade da programação ir para a internet”.

O presidente afirmou que a internet foi uma experiência positiva e bem sucedida, que alcançou pessoas de outras cidades brasileiras ou que estão morando em outros países. O presidente do Theatro Municipal do Rio admitiu que mesmo que voltem os espetáculos presenciais, a ideia é trabalhar algumas coisas online. “A ideia é trabalhar com os artistas essa possibilidade. Ainda vai ser definido com eles o formato, mas foi um aprendizado que a gente gostaria de replicar no futuro também”, concluiu.

Agência Brasil

Agência Brasil é uma agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.