MTur destina R$ 4,9 milhões para estruturar novo roteiro turístico Caminhos do Açúcar (RJ)

1 min de leitura
O principal produto da rota é a cana-de-açúcar. Crédito: Getty Images
O principal produto da rota é a cana-de-açúcar. Crédito: Getty Images

O Ministério do Turismo (MTur) vai destinar quase R$ 4,9 milhões para a construção de portais e totens turísticos na nova rota turística “Caminhos do Açúcar”, localizada no estado do Rio de Janeiro. Os valores serão repassados ao Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte e Noroeste Fluminense (Cidennf), com sede no município de Campos dos Goytacazes, e tem como objetivo fomentar o turismo nos 17 municípios que fazem parte do roteiro.
 

Com uma população de aproximadamente um milhão de habitantes, a região onde se localiza a rota Caminhos do Açúcar é ideal para desenvolver o turismo rural, de natureza, ecoturismo, agroturismo e turismo gastronômico. Criada em 2021, a previsão é que ela possa ser inaugurada no final deste ano, ampliando a experiência dos turistas e a capacidade de visitações na região.
 

A implantação dos portais e totens deve trazer uma identificação visual moderna e atualizada para as cidades que fazem parte do projeto. “Com esse apoio financeiro, o Ministério do Turismo ajuda os municípios a estruturarem seus atrativos turísticos, mantendo viva a história e a cultura de suas regiões, movimentando a economia local, gerando renda e colocando as cidades brasileiras no radar de visitantes brasileiros e estrangeiros. Ganham os municípios e ganha o Brasil”, destacou a ministra do Turismo, Daniela Carneiro.
 

O Consórcio agrega 17 municípios nas regiões Norte e Noroeste do estado do Rio de Janeiro em quatro regiões turísticas diferentes. São eles: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Cardoso Moreira, Conceição de Macabu, Italva, Itaperuna, Macaé, Miracema, Porciúncula, Quissamã, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra e Varre-Sai.
 

CAMINHOS DO AÇÚCAR — Composta por mais 300 km de extensão, a rota Caminhos do Açúcar tem capacidade de fortalecer o turismo rural com atrativos que reúnem diversos circuitos culturais e religiosos, de acordo com as vocações e potencialidades das cidades consorciadas. O principal produto da rota é a cana-de-açúcar, que teve uma cultura predominante na região durante séculos e deixou marcado um legado histórico, gastronômico e cultural.
 

O roteiro é uma alternativa ao turismo como grande propulsor do desenvolvimento econômico regional, propiciando o resgate da história e a valorização da cultura, folclore, artesanato, gastronomia, história e natureza por meio da integração de sítios, fazendas, agriculturas familiares e pequenos produtores com atrativos rurais (como a culinária típica e cavalgadas)

Redacao

Equipe de jornalistas do Jornal DC - Diário Carioca

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Mais Notícias

Ativar Notificações OK Agora não
Which Notifications would you like to receive?