20.5 C
Rio de Janeiro
19 outubro, 2021

União terá que indenizar em R$ 200 mil mãe de militante torturado e morto pela ditadura militar

- Publicidade -

Diário Carioca Google News

A mãe de Carlos Roberto Zanirato, que foi torturado e na sede do Departamento de Ordem Política e Social (Dops), em São Paulo, em 1969, deve ser indenizada em R$ 200 mil pela União. A decisão é do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), na capital paulista.

Em sua decisão, o desembargador Johnsom di Salvo afirmou haver “prova abundante da causa da morte”, cometida por agentes da ditadura militar. Zanirato foi enterrado como indigente e a causa da morte seria suicídio, de acordo com o laudo do Instituto Médico Legal (IML) na época.

De acordo com o depoimento da mãe, de funcionários do Instituto Médico Legal (IML) e de outros presos do Dops, para simular o suicídio Zanirato teria sido barbaramente torturado e seu corpo jogado na frente de um ônibus, na avenida Celso Garcia, zona leste de São Paulo.

: Leia mais: Pelo 2º ano, ONU alerta para ameaças de Bolsonaro aos direitos humanos

- Advertisement -

“O dano moral sofrido (pela mãe) é mais que evidente e justifica o recebimento de indenização por todo sofrimento e desgaste psíquico experimentado com o encarceramento de seu filho por motivação política no DOPS/SP, onde foi seviciado até a morte e depois descartado numa vala comum, sem qualquer identificação, de forma indigna e desrespeitosa”, afirma di Salvo em sua decisão.

Zanirato foi preso em 23 de junho 1969, quando tinha 20 anos, após desertar do Exército para integrar a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), liderada por Carlos Lamarca. O militante morreu após seis dias de tortura.

A tese do suicídio só foi derrubada após investigações feitas pela Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP), que constatou que a sua morte ocorreu em decorrência de tortura.

Segundo relatório da Comissão da Verdade, durante os 20 anos de duração da ditadura no Brasil, 424 pessoas morreram ou desapareceram. 

Edição: Anelize Moreira


Assine nossa newsletter

Assine nosso Boletim e ique bem informado com as principais notícias do Mundo

- Publicidade -
Brasil de Fatohttps://www.brasildefato.com.br/
Agência Brasil de Fato traz notícias do Brasil e do mundo, a partir de uma visão popular. Notícias, entrevistas e artigos de opinião

Museu da Justiça reabre com exposição sobre epidemias no Rio de Janeiro

 Após quase dois anos fechado por causa da pandemia de Covid-19, o Museu da Justiça reabriu ao público nesta segunda-feira (18/10), com a inauguração da exposição “Pandemias e Epidemias no Rio de Janeiro”.  

TNT apresenta show exclusivo “Zeca Pagodinho com Batuqueiros e Sua Gente”

Grandes encontros da música brasileira só acontecem na TNT, canal das premiações mundiais de música, de grandes shows e eventos! Nomes como Alcione, Teresa Cristina e Gal Costa marcaram presença pelas mais diversas plataformas da marca, e agora é a vez de "Zeca Pagodinho com Batuqueiros e Sua Gente", com transmissão exclusiva no domingo, dia 07 de novembro às 21h30.

Após casamento, Cleo assume vontade de ser mãe: “Gosto da ideia”

O 'TV Fama' desta segunda-feira (18) exibe uma entrevista com a atriz e cantora Cleo. Aos 38 anos e recém-casada com o modelo e empresário Leandro D'Lucca

Lauren Jauregui lança “Scattered” (feat. Vic Mensa)

Lauren Jauregui retornou com “Scattered” com Vic Mensa; mais um corte de seu próximo projeto solo de estreia, PRELUDE, com lançamento previsto para 5 de novembro por seu próprio selo, Attunement Records, sob licença exclusiva da AWAL Recordings

Aricia Silva afirma que está faturando ao protagonizar conteúdo adulto: “Ganhando dinheiro e fazendo sucesso”

Maurício Meirelles recebe a influenciadora digital Arícia Silva no programa 'Foi Mau' desta segunda-feira (18), às 22h30, na RedeTV!. A catarinense de 28 anos, que há dez iniciou a carreira como modelo, decidiu investir recentemente em conteúdo adulto na internet. "Estou agora entregando o que o público sempre quis”, afirma.
- Publicidade -

Museu da Justiça reabre com exposição sobre epidemias no Rio de Janeiro

 Após quase dois anos fechado por causa da pandemia de Covid-19, o Museu da Justiça reabriu ao público nesta segunda-feira (18/10), com a inauguração da exposição “Pandemias e Epidemias no Rio de Janeiro”.  
- Publicidade -
Porno Gratuit Porno Français Adulte XXX Brazzers Porn College Girls Film érotique Hard Porn Inceste Famille Porno Japonais Asiatique Jeunes Filles Porno Latin Brown Femmes Porn Mobile Porn Russe Porn Stars Porno Arabe Turc Porno caché Porno de qualité HD Porno Gratuit Porno Mature de Milf Porno Noir Regarder Porn Relations Lesbiennes Secrétaire de Bureau Porn Sexe en Groupe Sexe Gay Sexe Oral Vidéo Amateur Vidéo Anal