Diário Carioca Google News

O Vasco da Gama volta a viver dias turbulentos após um começo de campeonato Brasileiro surpreendente. Ramon Menezes, técnico da equipe festejado no início da competição nacional, começa a ter seu trabalho questionado e a sofre pressão da torcida por sua demissão.

A goleada sofrida no jogo contra o Atlético Mineiro fez com que o treinador fosse responsabilizado e acusado de não ter tarimba suficiente para comandar uma equipe limitada como a do Vasco, que apesar de ter bons talentos, como Gérman Cano, Martin Benitez, Leandro Castan, entre outros, não possui peças de reposição para que possa manter a estabilidade do time.

Ramon, assumiu a responsabilidade pela derrota vexatória para o Galo Mineiro. A imprensa repercutiu a derrota apontando um grande equivoco do treinador na escalação, uma vez que montou um time com três zagueiros e preocupou-se em tentar anular o atacante Keno, da equipe mineira, mas esqueceu-se da qualidade do restante do time mineiro.

A diretoria do Vasco, segue bancando Ramon no comando do time, mas nos bastidores já há comentários de que resultados ruins contra Bahia, adversário desta quarta-feira do Gigante da Colina, e contra o Flamengo, no próximo sábado, podem render a demissão do treinador.

A favor de Ramon pesam os seguintes fatos: A ciência da diretoria de que o elenco é limitado e a dificuldade de se dar peças de qualidade para que o técnico desenvolva seu trabalho, e o mercado escasso, com poucos técnicos que possam ser a solução imediata para o clube.

 

Mais Noticias

Equipe de jornalistas e colaboradores do jornal Diário Carioca. Profissionais de comunicação que trazem as informações mais importantes do Brasil e do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *